quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Terra de Sonhos - Jiro Taniguchi

Ainda bem que Jiro Taniguchi acordou um dia e decidiu que afinal o que queria fazer da vida era desenhar. A banda desenhada agradece. A sua sensibilidade passa para nós a cada desenho, a cada história que cria em volta dos temas quotidianos, dos locais que conhece, das personagens com as quais nos identificamos.

São várias histórias de uma família às quais o autor dá forma nesta novela gráfica: quando o seu cão começa a adoecer, quando passam a ter um gato, quando passam a ter mais que um gato ou quando recebem a visita de uma sobrinha que parece mudar completamente a vida de todos. Para finalizar, há uma nova história de um montanhista que ainda não terminou a sua última caminhada pela paixão de uma vida.

A dor de perder um companheiro de vida, mais do que um simples animal de estimação que temos em casa, é algo que podemos experimentar ao longo da nossa vida; mas a forma como Taniguchi nos transmite este sentimento, como nos mostra esta dor, dificilmente nos fará chorar menos do que no dia em que perdemos este amigo de uma vida.

A partir deste momento triste na vida do casal, parece impossível sobreviver à dor e ultrapassar o mau momento, mas como tudo na vida tem de andar para a frente, são obrigados a continuar e a viver. E o futuro é mais risonho, vai trazer uma nova vida à casa, uma nova experiência. Vai trazer alegria, na pessoa da sobrinha. E sobretudo vai mostrar-lhes que a memória é o mais importante a manter quando algo se perde; e que há sempre qualquer coisa melhor para vir quando não se coloca de parte a felicidade.

Apesar de alguns pesadelos, é de sonhos e de esperança que estas histórias são feitas - quase como de memórias do próprio autor, de episódios da sua vida que aqui quis partilhar com os seus leitores, partilhando com elas as suas sensações.

Não sendo o melhor que já fez em termos de novelas gráficas, esta compilação de contos em forma de 'Terra de Sonhos' é mais uma manifestação bonita, sensível e mágica - à sua maneira natural - da genialidade de Taniguchi na criação de histórias em BD.

0 comentários:

Enviar um comentário