terça-feira, 5 de abril de 2016

O Caminho Fica Longe - Vergílio Ferreira

No centenário de Vergílio Ferreira e 20 anos após a sua morte, a Quetzal lançou uma nova edição do primeiro livro do autor, escrito em 1939 e publicado em 1943, cuja primeira edição foi apreendida pela censura. 

'O Caminho Fica Longe' é o despertar do romancista em Vergílio Ferreira, aos 23 anos, ainda sem querer apegar-se a uma corrente de escrita específica, mas começando já a sentir- se a presença de duas ideias características da sua obra: uma preocupação neo-realista e um pensamento existencialista muito próprio.

(Meu Deus, que tentação! Afinal, amo-o, amo-o muito! Cada um tem no mundo um caminho só. E só esse caminho tem estrelas e lua e cores… Deus faz as almas aos pares” (p.89)

Crítica completa em maquinadeescrever.org :)

0 comentários:

Enviar um comentário