quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Mutts III: Mais Coijas - Patrick McDonnell

Já tinha saudades de ler banda desenhada. Foi preciso um namorado e uma biblioteca para me voltar a apaixonar pelas histórias e pelas tiras de BD - que desde o Tio Patinhas tinham ficado guardadinhas numa gaveta mental na minha infância longínqua. Foram os Mutts a fazê-lo - claro, com um gato super engraçado e amoroso no elenco principal das aventuras.

A terceira aventura Mutts (a primeira que li desta série, mas que me abriu muito o apetite para as outras!) é protagonizada por Earl, o cão, e Mooch, o gato que fala "ashim", dois rafeiros amigos e vizinhos. Mooch vive com Millie e Frank, os donos, e o peixe Sid, na casa ao lado de Earl, e como gato que é prefere muitas vezes ficar a dormir e a descansar (de não fazer nada) face ao amigo enérgico e brincalhão.

Por ter gatos, a experiência de contactar com esta BD é ainda mais engraçada. Há situações que claramente identificamos com a nossa experiência pessoal de contacto com os animais em casa, seja por os gatos de facto passarem a vida a comer, dormir e arrastar-se pela casa a fazer ronron, ou por tiras como a de Mooch se ver ao espelho - o que pode acontecer, de facto, com os animais ao verem o seu reflexo!

Não só os desenhos são maravilhosos, cheios de expressão, mesmo a preto e branco, como as histórias variadas, as tiras que fazem sentido individualmente e ainda mais quando integradas numa história, são características de um humor inteligente - que, apesar disso, não deixa de ser simples e de fácil identificação.


Os velhos mitos de que a BD - tal como os filmes de animação, vá-se lá perceber porquê - são exclusivamente para crianças não fazem qualquer sentido, quando observamos estas tiras mais satíricas e subtis (ainda que, lá está, directas e não expressamente sociais ou políticas). 

É esta simplicidade e a qualidade da escrita e dos desenhos de Patrick McDonnell que me levam a querer ler mais de Mooch, Earl e amigos - e me levaram a ler este conjunto de aventuras (que passam por uma experiência no campo, o contacto com outros animais, as paixões de Mooch e do pássaro, ou ainda o Natal entre os dois amigos) de uma assentada, em apenas duas noites.

E obrigada, meu querido Rui, por me dares a conhecer estas coisas lindas e acordares este meu amor pela BD :)

Mais sobre Mutts: Mutts Comics

0 comentários:

Enviar um comentário