sexta-feira, 16 de junho de 2017

N or M? - Agatha Christie

"I know then that they are just human beings and that we're all feeling alike. That's the real thing. The other is just the war mask that you put on. It's a part of war - probably a necessary part - but it's ephemeral."
'N or M?', Agatha Christie

Agatha Christie é sempre genial nas suas histórias policiais ou de agentes secretos com missões mega importantes. É o caso deste terceiro livro da sua saga "Tommy & Tuppence", o meu primeiro contacto com a dupla e um forte indício de que todos os seus mistérios serão igualmente inesquecíveis.

Durante a II Guerra Mundial, Tommy e Tuppence, já reformados das lides dos serviços de inteligência, são novamente contactados com uma missão muito especial: descobrir entre os homens e mulheres hospedados em Sans Souci, um hotel junto à costa, dois agentes Nazis disfarçados de cidadãos normais - nomes de código N e M - que acabaram de matar o melhor agente britânico. Não se pode confiar em ninguém nesta missão ultra secreta que os leva a adoptar nomes e personalidades falsas e a fingir que não se conhecem.

O mais especial deste pequeno livro de fácil leitura é o contraste entre o início tranquilo e o final recheado de acção. Começa com Tommy e Tuppence em casa, reformados e aborrecidos por já não terem missões para cumprir nem serem mais jovens, para os contactarem para estes trabalhos perigosos e emocionantes. E afinal são escolhidos exactamente pela sua sabedoria, e sucede-se mais um episódio das sua aventuras, com inimigos perigosos, situações de risco e muita emoção.

Entre os hóspedes de Sans Souci há muitos que suscitam a desconfiança de Tommy e Tuppence, mas o mistério não é resolvido antes de serem encontradas algumas "toupeiras" dos próprios serviços de inteligência britânicos. Numa guerra não se pode confiar nem nos amigos, mesmo que todos estejam ali por obrigação e não queiram prolongar o conflito por mais tempo. Todos são inimigos e a traição é uma constante. É talvez o ensinamento mais sério que podemos retirar desta obra.

A comédia também está sempre presente, no desconhecimento da filha sobre o trabalho dos pais, estando também ela envolvida na espionagem de guerra, e nas tentativas constantes de esconder dos outros hóspedes a relação e Tommy e Tuppence. Mas também são muitos e intensos os momentos de perigo que vivem - e que nos fazem agarrar a estas personagens de forma ainda mais apaixonada.

'N or M?' será talvez mais revelador para quem conhece estas personagens de aventuras anteriores, no entanto não deixa de ser uma aventura interessante, com os seus apontamentos de comicidade, que nos faz ver um novo lado de Agatha Christie dentro do seu ambiente literário dos policiais. Uma história de guerra e de espionagem para quem não deixa passar uma obra prima sobre estes temas!

0 comentários:

Enviar um comentário